É a categoria em que qualquer uma pode vencer.

As Indicadas:

Boston Legal (Candice Bergen – “The Mighty Rogues”)
Grey’s Anatomy (Chandra Wilson – “Lay Your Hands On Me”)
In Treatment (Dianne Wiest – “Paul and Gina: Week ? [8])
Brothers and Sisters (Rachel Griffiths – “Domestic Issues”)
Grey’s Anatomy – (Sandra Oh – “The Becoming”)

Previsões: 4/5. Prevendo Rose Byrne no lugar de Dianne Wiest

  • Candice Bergen – Boston Legal (“The Mighty Rogues”)
  • Ver Aqui.

  • Chandra Wilson – Grey’s Anatomy (“Lay Your Hands on Me”)

Ela narra o episódio. Ela tem que lidar com um problema de saúde de seu filho. E uma cena de desabafo. Tudo isso poderia ser chamado de “baity” e é, porém estamos falando de Chandra Wilson, que com seu talento conseguiu fazer com que esse episódio (fraco) nos mostrasse uma nova face da Dra. Bailey, saindo de sua estrutura de mandona e se firmando como uma mãe de família.
O que pode afetar sua vitória é justamente esse lado novo que a atriz compôs para a personagem, pois os votantes estão acostumados com algo, e quando há mudanças talvez eles não aprovem.

  • Dianne Wiest – In Treatment (“Paul and Gina: Week ? [8])

Ainda não se sabe o episódio de Dianne Wiest, mas tudo indicada que é o de número 40, justamente aquele em que ela finalmente toma as rédeas da terapia.
Nos primeiros minutos nós vemos apenas as suas reações com as questões levantadas pelo personagem de Gabriel Byrne, mas nos minutos finais ela pega toda a situação iniciada no episódio e faz um discurso usando sua vida pessoal como exemplo, extremamente emotivo e completamente coadjuvante, pois fica claro no episódio que Byrne é o principal, mas a gente acaba se preocupando mais com a personagem de Wiest do que com o dele.

  • Rachel Griffiths – Brothers and Sisters (“Domestic Issues”)

Ela e Sandra Oh são chamadas de injustiçadas, pois já foram indicadas várias vezes (Griffiths por outra série) e nunca ganharam, porém dessa vez parece ser diferente. Rachel Griffiths tem uma atuação fantástica no episódio, além de ter um tema que ajuda e muito: a perda da custódia de seus filhos. O que pode ser contra a Griffiths é o fato de dividir cenas com outras atrizes fantásticas (Sally Field e Calista Flockhart), que às vezes roubam a cena.

  • Sandra Oh – Grey’s Anatomy (“The Becoming”)

Esse é um caso polêmico, pois muitos acharam que ela não fez muito nessa temporada de Grey’s Anatomy, e eu concordo, porém o EMMY escolhe por episódio, e nesse ela está sensacional.
No início já a vemos mostrando uma habilidade desconhecida: ela canta, muitos acharam a cena brega e sem sentido no episódio, porém acredito que foi para mostrar o modo que a Cristina estava lidando com tudo aquilo, um choque e ela não sabia o que fazer e o que falar. E já no final já temos um famoso discurso, ela e a câmera praticamente, e é esse o momento que pó lhe render o EMMY, tudo o que ela disse sobre sua trajetória naquele hospital e com o Dr. Burke não ter valido nada, pois ela acabou se tornando um fantasma foi extremamente comovente, e mais uma vez ela não perdeu a característica da personagem: não houve choro.
Porém o fator tempo pode pesar contra ela, afinal ela aparece em três cenas no episódio.

Quem VAI ganhar: A disputa está bem difícil, mas acredito que as mais cotadas são Candice Bergen e Chandra Wilson, e a Rachel Griffiths se houver muitos votos distintos, mas no momento aposto em Candice Bergen.

Quem DEVERIA ganhar (baseado apenas nas submissões): 1 Dianne Wiest 2 Sandra Oh 3 Rachel Griffiths 4 Candice Bergen 5 Chandra Wilson

Quem DEVERIA ganhar (baseado em seu trabalho geral): 1 Rachel Griffiths 2 Sandra Oh 3 Chandra Wilson 4 Dianne Wiest 5 Candice Bergen

Total: 1 Sandra Oh e Rachel Griffiths (4 pontos) 2 Dianne Wiest (5 pontos) 3 Chandra Wilson (8 pontos) 4 Candice Bergen (9 pontos)